Doenças
Luxação do ombro
É quando o ombro "sai do Lugar", causando dor e deformidade. Problema comuns em jovens, e que em muitos casos necessitam de tratamento cirúrgico por vídeoartroscopia

Luxação do ombro

 

            Por ser uma articulação com movimento amplo, o ombro é mais suscetível a sair do lugar causando uma luxação. A estabilidade do ombro é dada por um conjunto de ligamentos que evitam movimentos excessivos, pelo labrum que aumenta a concavidade da glenoide, pela cápsula que circunda a articulação e pela musculatura.

            Existem 2 tipos principais de luxação do ombro: traumática e a atraumática.

            O tipo traumatico é mais comum no jovem, geralmente causado por queda sobre o ombro no qual o braço está aberto. O paciente sente dor intensa e fica incapaz de mobililzar o braço. O paciente deve ser encaminhado ao hospital imediatamente, não deve ser tentado qualquer manobra de redução por pessoas não habilitadas. O tratamento inicial realizado pelo médico tem o objetivo de colocar o ombro novamente no lugar . O paciente deve permanecer de 2 a 3 semanas imobilizado com uma tipóia e depois iniciar a reabilitação. O procedimento cirurgico é indicado quando não é possivel a redução ou então quando o paciente tem luxações recorrentes. Em casos mais graves há luxação por traumas leves ou até durante o sono, nesses casos o procedimento indicado é a cirurgia por videoartroscopia.     

            O tipo atraumático é causado por uma alteração genética de alguns pacientes no qual o colágeno é mais frouxo, provocando uma instabilidade articular. O tratamento é baseado em reabilitação com reforço muscular na tentativa de compensar a frouxidão capsular do ombro. Em alguns casos mais graves ou associados a traumas é indicado procedimento cirúrgico para plicatura capsular do ombro.

Mapa
Rua Topázio, 789 - Bosque da Saúde Cuiabá - MT, 78.050-040
(65) 3648-0700